Dicas – A Adaptacao ao novo lar!

em


Como todos os amantes felinos já descobriram há muito tempo, é o gato quem escolhe seu dono e seu lar – e não o contrário. Como são muito metódicos, criam sua própria rotina diária entre os horário das sonecas, brincadeiras e, claro, a hora da sua refeição. Com tantas exigências, a adaptação em um novo lar pode gerar sintomas de estres e uma certa “insatisfação” inicial, mas somente até o novo amigo descobrir seus lugares prediletos para uma soneca ou o melhor lugar para “esconder” seus brinquedos.

Para um gato que já possui um lar e, por algum motivo, precisa trocar de casa e de dono, essa mudanca pode ser bem mais difícil, gerando inclusive, falta de apetite ou até problemas de saúde, como uma insuficiência renal. Nesses casos faz-se necessário um cuidado especial com os animais, através de muita dedicação e carinho, para que o novo companheiro tenha uma adaptação mais rápida, principalmente se o gato era “filho único” e agora precisa dividir seu espaço e atenção com outros animais.

Já para um gato que necessita de melhores condições de vida, que sofreu maus tratos e abandono, a adaptação acontece de outra forma. O novo lar normalmente não o assusta, já que a vida nas ruas ou em lares ruins nunca é uma boa experiência. A mudanca para um ambiente melhor é mais facilmente recebida, mas o gato pode apresentar sinais de agressão ou medo no início. É preciso ter um pouco de paciência nessa transição. E por fim, a confiança do animal no novo dono é imprescindivel para uma adaptação rápida e saudável.

Basta um lar amoroso para que o novo companheiro enrosque-se, agradecido, pelas pernas do seu protetor.

Então, quando você pensar em levar um novo companheiro para casa, analise suas necessidades e as necessidades do animal, para que ele possa se adaptar da melhor forma possível ao novo lar.

E mais uma dica: antes de adotar um gatinho, venha nos fazer uma visita e deixe que seu novo amigo “o escolha”. Com toda a certeza a energia será mais forte e a ligação entre vocês muito mais gostosa.

Anúncios

10 comentários Adicione o seu

  1. ::Fer:: disse:

    Às vezes a adaptação pode demorar um pouco. Tenho gato aqui que levou alguns meses para a adaptação plena. Mas nada que um pouco de jeito, carinho e paciência (e algum atum) não resolvessem.

  2. Aline disse:

    Oi. Parabéns pela iniciativa.
    Amo muito todos os animais, mas os felinos são minha paixão. Minha irmã e eu recolhemos uma gatinha linda da rua e depois tivemos a surpresa: ela estava grávida. Agora além dela, também cuidamos das 3 filhinhas que ela teve há quase dois meses. Estamos muito felizes e elas também. Os nomes: Menininha (mãe), Lua, Serena e Vick. Todas vivem perfeitamente em apartamento.
    Abraço.

  3. juli disse:

    adore todpos comentarios eu so uma fam destes bichinhoseu tenho um de 1ano 5mes nome dele tom e um frajola.parabéns pelo trabalho de voces

  4. Caren disse:

    Achei essa página muito legal. Parabéns.
    Um dos meus gatos achei na rua, ele era “menino de rua”. A adaptação foi mais lenta do que eu esperava. Realmente levei um tempo para que ele finalmente confiasse em mim (quase um ano), mas hoje chamo ele de meu grude. rsrs Não importa em que lugar da casa eu estou, ele sempre está junto. Sinceramente, não entendo como alguém pode não gostar de gatos!! Amo todos os bichos, principalmente gatos. E esse papo de que o gato é independente é bobagem. Eles são sim, independentes, mas amam seus pseudo-donos (gatos não tem donos), e sentem nossa tristeza e nos fazem companhia. Assim como sentem nossa alegria e se chego em casa mais “pilhada” eles logo começam a correr pela casa e brincar (adoram me caçar. rsrs). Gatos são maravilhosos, pena que muita gente não tem a oportunidade de conhecer essas “figurinhas”.
    Bem, voltando ao assunto original, tenham paciência e acima de tudo amor pelo novo integrante da família. Tempo de adaptação não é uma regra absoluta, mas se vc tratar bem a amar o novo amigo, ele vai retribuir e reconhecer, no tempo dele. E mesmo que ele mude de casa, não esquenta, ele sempre vai lembrar de vc!

  5. Felipe disse:

    Acabei de adotar gato de rua já adulto e essa foi a primeira noite.
    Durante o dia ele comeu e dormiu além de ficar ronronando o dia todo.
    A noite ele tentou sair pra fazer as necessidades dele.
    Não sei é coisa da minha cabeça mas ele parece querer ir embora.
    O que ru posso fazer?

  6. Larissa disse:

    Gente me ajuda, morava até então com o meu pai, e eu e meu irmão temos gatos, (eutenho um e ele ouro), estou saindo de casa para ir morar sozinha, e eu vou levar meu gato comigo, o problema é que ele é muito apeado com o gato do meu irmão, como faço para os dois se acostumarem com a separação? Estou com medo do meu gato acabar não se adaptado tão bem na casa nova por causa que ele não vai estar junto com o outro gato… o que eu devo fazer?

  7. Emidio Politi disse:

    peguei uma gata do meu filho e quando ela chegou so queria fugir, estou deixando ela presa fechada em casa ela tem uns dois meses
    como devo agir para adapta-la em minha casa

    1. Kelly disse:

      Olá,
      A gata está estranhando o novo lugar. Sente falta da casa e dos esconderijos anteriores. Ela so precisa de tempo para reconhecer o novo ambiente e não se sentir presa. Deixa-la fechada no quarto so aumenta o stress inicial e pode atrasar a boa convivencia. Com amor e paciencia, logo a sua gatinha estará adaptada ao novo lar.

  8. Guilherme disse:

    Olá
    Tenho um gato de 1 ano e 3 meses e quando eu adotei ele, ele tinha 2 meses, (filhote). Mas tem 3 dias que precisei mudar de casa. Na antiga casa que foi onde ele cresceu ele tinha acesso ao quintal e até mesmo a rua mas nunca fugia. Saía mas voltava em questão de minutos. Mas devido a mudança estou deixando ele “preso” dentro de casa. Por medo dele tentar voltar para o antigo lar e acabar se perdendo. Afinal ele nao faz ideia de onde está. Mas ele fica miando muuuuito e ronronando o dia inteiro. E onde eu vou ele ta colado atrás de mim. sinto que ele sente falta de sair pro quintal, pra rua, a forma “livre” que ele vivia. Minha pergunta é : ele vai se adaptar a viver somente dentro de casa? Por favor quem já teve essa experiência me ajudem com dicas ou só com a resposta da pergunta que eu fiz. Estou triste pela reação dele. Vou deixar meu e-mail e whatsapp para facilitar o contato de quem possa me orientar. E-mail : guisparapan@gmail.com / whatsapp: (14) 991563552.
    Muito obrigado.

    1. Olá, ele ainda está estranhando o ambiente, não o deixe sair de jeito nenhum ou vai acontecer isso mesmo, vai tentar voltar e se perder. Gatos se adaptam a novos ambientes sim. Tente comprar um arranhador ou uma toca, de petiscos a ele para associar a casa nova a um lugar bom. Não esqueça de que as gatos miam para falar com os donos. Ele está te perguntando coisas. Pode responder, sempre em tom calmo, e diga que é a casa nova. Eles entendem! Obrigada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s